Arquivo de novembro, 2012

Imagem

Por Charley Gima

Um estudo feito pela Kantar World Panel apresenta alguns dados interessantes sobre o mercado de sistemas operacionais para smartphones no Brasil.

Apesar de vermos os aparelhos da Apple, os iPhones, por todo lugar, a marca ainda estão muito atrás dos aparelhos Android. Enquanto o sistema operacional da Google tem 56,7% do mercado nacional, o iOS (e o iPhone, por consequência) está com apenas 0,4%.

É válido dizer que o grande trunfo do Android está na enorme quantidade de aparelhos que estão disponíveis para o sistema — aparelhos que vão dos R$ 200 aos R$ 2.000. Mesmo assim, o número da Apple assusta, visto que o iOS está atrás de sistemas como o Symbian, Windows Phone, RIM e Bada. Confira abaixo a lista completa de sistemas operacionais e seus percentuais de adesão.

  1. Android: 56,7%;
  2. Symbian: 31,5%;
  3. Windows Phone: 4%;
  4. RIM: 2,7%;
  5. Bada: 0,7%;
  6. iOS: 0,4%;
  7. Outros: 3,9%.

Fonte: Kantar World Panel / Tecmundo

Anúncios

Imagem

Por Charley Gima

Steven Adler, ex baterista do Guns N´Roses, lançou seu trabalho solo no dia 19 de novembro, com o sugestivo nome de “Back From The Dead”.

A banda Adler traz músicas calcadas no bom Hard Rock tradicional, que com certeza não irá desagradar os fãs do estilo e, muito menos, os fãs do Guns N´Roses.

Ouça aqui as músicas de Adler – Back From The Dead, disponibilizadas no site oficial da revista Rolling Stone.

Assista ao vídeo da música The One That You Hated abaixo:

Imagem

Por Charley Gima

O jornalismo perdeu mais uma grande voz! Morreu na madrugada desta quinta-feira, dia 29, o comentarista da Band, Joelmir Beting, aos 75 anos. Ele estava internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 22 de outubro, e sofreu um acidente vascular encefálico hemorrágico no domingo.

Veja a trajetória do jornalista

Palmeirense de coração, Joelmir atuava como comentarista de economia no Jornal da Band e na Rádio Bandeirantes. Ele também era um dos apresentadores do Canal Livre.

Perfil
Joelmir José Beting nasceu em Tambaú, interior de São Paulo, em 21 de dezembro de 1936, onde permaneceu até 1955. Neste período, chegou a trabalhar como boia-fria, aos sete anos de idade. Em 1957, Joelmir – encorajado pelo Padre Donizetti Tavares de Lima, a quem se referia como “guru espiritual e profissional” – começou a estudar sociologia na USP (Universidade de São Paulo) para “fazer carreira no jornalismo”.

No jornalismo, iniciou na editoria de esportes, ainda durante a faculdade de sociologia, em 1957. Trabalhou na cobertura de futebol nos jornais “O Esporte” e “Diário Popular” e também na rádio Panamericana, que posteriormente virou Jovem Pan.

Economia
Em 1962, sociólogo formado, trocou o jornalismo esportivo pelo econômico. Inicialmente, como redator de estudos de viabilidade econômica para projetos desenvolvidos por uma consultoria de São Paulo.

Quatro anos depois, foi convidado a lançar uma editoria de Automóveis no caderno de classificados da Folha de S.Paulo. Em 1968, Joelmir foi “premiado”, como ele mesmo afirmava, com o cargo de editor de economia da Folha de S.Paulo. Em 7 de janeiro de 1970, lançou sua coluna diária, que foi publicada durante anos por uma centena de jornais brasileiros, com o timbre da Agência Estado.

Em 1991, o profissional iniciou nova fase no jornal “O Estado de S.Paulo”. Em texto publicado por Joelmir em seu site, ele descreveu a coluna como o pau-da-barraca profissional. “Com ela, desbravei o economês, vulgarizei a informação econômica, fui chamado nos meios acadêmicos enciumados de ‘Chacrinha da Economia’, virei patrono e paraninfo de 157 turmas de formandos em Economia, Administração, Engenharia, Agronomia, Direito”.

Multimídia
A coluna foi mantida até 30 de janeiro de 2004. No mesmo ano que ela foi lançada, em 1970, Joelmir também começou a passar informações diárias sobre economia nas rádios Bandeirantes, CBN, Jovem Pan e Gazeta. E também na TV Bandeirantes, Gazeta, Record e Globo, a partir de 1985 até julho de 2003.

Em março de 2004 voltou para a TV Bandeirantes, onde permaneceu até hoje como comentarista econômico nas rádios BandNews FM e Rádio Bandeirantes, e também do Jornal da Band, na TV. Também era um dos âncoras do programa de entrevistas Canal Livre.

Joelmir foi um jornalista multimídia. Escreveu os livros “Na Prática a Teoria é Outra” (1973) e “Os Juros Subversivos” (1985) e dezenas de ensaios para revistas semanais. Além disso, o jornalista foi conferencista no Brasil e no exterior. Realizava palestras em empresas, convenções, simpósios, congressos e seminários. Era onde se reencontrava, como ele dizia, com a profissão que pretendia seguir nos tempos da USP: o magistério.

Em seu site, ele se descrevia como uma pessoa que trabalhava e estudava 15 horas por dia, assim como na infância. Joelmir era casado com Lucila, desde 1963, e pai de dois filhos: Gianfranco, publicitário e webmaster, e Mauro, comentarista esportivo de jornal e televisão.

Fonte: Band

Imagem

Por Charley Gima

O Procon-SP divulgou uma lista contendo 200 sites de compras não recomendados pela entidade.

Esta lista do Procon-SP está disponível na página principal do órgão e pode ser acessaco no link “Evite esses sites”. Lá é possível ver os endereços eletrônicos que devem ser evitados em ordem alfabética, razão social da empresa e número do CNPJ ou CPF, além da condição de “fora do ar” ou “no ar”.

A lista foi elaborada após diversas denúncias recebidas pelo Procon-SP, com reclamações desses sites por irregularidades na prática de comércio eletrônico, principalmente na não realização da entrega do produto comprado pelo consumidor.

Paulo Arthur Góes, diretor executivo do Procon-SP, afirma que esses fornecedores virtuais não são localizados, inclusive no rastreamento feito no banco de dados de órgãos como Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR, responsável pelo registro de domínios no Brasil, o que inviabiliza a solução do problema apresentado pelo consumidor.

Apesar da divulgação desta lista, compras online são seguras se bem realizadas e em sites confiáveis.

Confira a lista do Procon-SP e tome cuidado ao realizar sua próxima compra!

Por Charley Gima

Bradley Cooper, que consolidou sua fama na comédia “Se beber não case”, estrela este drama, agora no papel de um escritor que tenta emplacar sua primeira obra, mas é rejeitado, até que encontra um manuscrito antigo pronto e rouba a obra de um autor desconhecido, publicando-o palavra por palavra, sem segundas intenções ou maldades, apenas pelo prazer de sentir uma obra prima sendo escrita por ele.

A historia é contada de forma diferente com uma história sendo contada dentro de outra, com idas e vindas ao passado, mas que não deixa brechas e nem torna o filme confuso.

Olivia Wilde, a “13” do seriado House, está linda no filme, mas foi mal utilizada, pois apesar de sua participação ser razoável, não há brechas para uma boa atuação, ficando no café com leite, e o mesmo se aplica para Dennis Quaid.

Jeremy Irons por sua vez dá um show e faz o filme valer a pena!

Título original: The Words
Direção: Brian Klugman, Lee Sterntha
Elenco: Olivia Wilde, Dennis Quaid, Jeremy Irons
País: EUA
Ano: 2012
Duração: 102 min.
Censura:
Gênero: Drama
Distribuição: Imagem Filmes

Por Charley Gima

Este vídeo foi feito em Bruxelas, na Bélgica, e mostra como qualquer um hoje em dia pode ser um ótimo vidente!

Saiba como e tome mais cuidado com suas postagens para não ter sua mente “lida” por qualquer um!

Este vídeo foi criado por um banco belga que alerta seus correntistas para as informações passadas pela internet e, principalmente, para os acessos a bancos e compras online.

Imagem

Por Charley Gima

O cantor Jon Bon Jovi falou pela primeira vez ao canal Fox 11, sobre o recente incidente que envolveu sua filha, Stephanie Rose Bongiovi. A jovem de 19 anos sofreu uma overdose e teve que ser levada para o hospital às pressas. Várias drogas foram encontradas em posse dela.

Jon Bon Jovi afirmou o seguinte: “sou uma pessoa como outra qualquer. O que faço para viver, por mais glamuroso que possa parecer, não me torna melhor que os outros. A vida segue o seu curso. Isso pode acontecer com qualquer pessoa e ninguém está imune a isso. A vida continua. Tive que enfrentar essa tragédia também, vamos superá-la juntos. As pessoas têm sido muito carinhosas comigo e isso me reconforta. Posso dizer que estou bem”.

Veja a entrevista de Jon Bon Jovi no link ao lado: Jon Bon Jovi fala sobre a overdose da filha Stephanie

Fonte: Van do Halen