Posts com Tag ‘rede social’

Facebook-like-ads

Por Charley Gima

O Facebook continua crescendo, e as campanhas de Facebook Ads crescem na mesma proporção, aumentando o ROI em 58% e os anúncios das campanhas de Facebook Ads (impressões) foram clicados 29% a mais, em comparação a 2012, segundo dados da Adobe e Kenshoo Social

Este relatório publicado demonstra que a publicidade no Facebook está mais barata e eficiente. Esta tendência também revela que tanto a rede social de Mark Zuckerberg quanto outros sites, como Twitter e Pinterest, estão sendo depreciados por clientes que usam o ‘último clique’, já que o CPC (custo por clique), diminuiu 40%.

“Um dos motivos pelo qual o Facebook tem crescido a cada trimestre é a adoção. Quanto mais empresas anunciam, mais eles descobrem como melhorar a entrega de anúncios”, explica Aaron Goldman, diretor de marketing da Kenshoo.

A quota de tráfego de referência do Facebook cresceu mais de 250% no ano passado, mantendo assim o primeiro lugar entre as mídias sociais, tornando-se uma das principais ferramentas do Marketing Digital.

Contrate a MiG18 para aumentar suas vendas em até 100% com o uso do Facebook Ads.

Fonte: Mashable

Anúncios

facebook-ads-mig18

Por Charley Gima

Segundo dados do Facebook, existem hoje cerca de 20 milhões Fanpages na rede social, sendo sua maioria de pequenas empresas, mas apenas 5% deste montante, ou seja 1 milhão de fanpages, investem na ferramenta de Facebook Ads como forma de alavancar as vendas e o seu faturamento ou mesmo usa-lo apenas para branding. Não podemos esquecer que o Facebook é o líder do setor de venda de anúncios digitais no Brasil, com cerca de 88% do mercado.

A compra de anúncios no site é uma poderosa forma de divulgação e propaganda, com um excelente ROI (Retorno do Investimento), se bem trabalhado. Mas então, por que temos ainda 19 milhões de proprietários de páginas não estão anunciando?

Segundo Sheryl Sandberg, chefe de operações do Facebook, “é muito difícil convencer negócios de pequeno porte a usar produtos tecnológicos”. A executiva da empresa diz que há planos para atrair esses anunciantes resistentes com soluções de uso mais simples, fácil e automático.

E a sua empresa, já faz uso do Facebook Ads? Que tal contratar a agência MiG18 para trabalhar uma campanha de anúncios de Facebook Ads, divulgar sua marca, serviços e produtos para mais de 102 milhões de brasileiros usuários do Facebook?

Para mais detalhes ou contratação do serviço envie e-mail para: contatomig18@gmail.com

Fonte: Marketing Land

facebook-73-milhões-usuarios-MiG18

Por Charley Gima

O Facebook hoje é a maior rede social, e de maior expressão, na internet, possuindo 73 milhões de brasileiros navegando e trocando informações entre todos.

Entre estes usuários, a maioria, 52%, acessa o Facebook diariamente através de aparelhos móveis, como tablets e celulares. Há um ano, este número era de 30%, segundo a eMarketer. O Brasil é o segundo maior mercado comercial do Facebook, e o País está sendo usado como teste para uma plataforma de comunicação que não envolve smartphones, para atingir o público que não utiliza estes aparelhos, que permitem o acesso a fotos e textos na web, mas não exibem vídeos, por exemplo, afinal, no Brasil, quase metade dos 38 milhões de usuários do Facebook em aparelhos móveis ainda usa os celulares mais simples.

Segundo Adriana Grineberg, diretora de negócios de bens de consumo e varejo do Facebook no Brasil, 70% das pessoas que usam o celular para navegar na rede social voltam todos os dias. “A frequência e o alcance são maiores (do que para o usuário que acessa no computador). Há dois anos, as marcas nem olhavam para os aparelhos móveis. Hoje, essa mídia já é relevante para sua estratégia.” diz a executiva.

Uma pesquisa da consultoria Comscore mostra que, mundialmente, cerca de 40% dos usuários do Facebook têm o hábito de ver televisão e, ao mesmo tempo, acessar a rede social. No Brasil, a empresa usou uma ação da Unilever para testar a viabilidade de fazer propaganda na pequena tela do aparelho móvel relacionada a uma atração popular na TV. Apesar de os aparelhos comuns não permitirem a visualização de vídeos – o que obrigou as pessoas a assisti-los mais tarde na web -, o acesso ao conteúdo cresceu 400%. Juntos, os vídeos somaram 960 mil visualizações.

Como visto, quem quer crescer e vender cada vez mais precisa investir no Marketing Digital, principalmente no Facebook!

Fonte: OESP

 

Internet-Facebook-Twitter-MiG18

Por Charley Gima

A internet não pára de crescer! Um estudo publicado pela empresa de monitoramento Real Pingdom, divulgou os números da internet em 2012: 634 milhões de sites e 2,4 bilhões de usuários.

A pesquisa traz uma lista de diversos segmentos da web que cresceram no último ano. Um dos destaques foi o número de usuários de e-mail em todo o mundo, cerca de 2,2 milhões – sendo 425 milhões de contas apenas no Gmail, tornando-se assim a empresa a maior do segmento.

Dentre as redes sociais, o Facebook, de Mark Zuckerberg, ultrapassou a marca de 2,7 bilhões de “likes”. Enquanto o Twitter atingiu o número de 175 milhões de “tweets” no ano passado. O YouTube também foi destaque computou 4 bilhões de horas assistidas mensalmente pelos usuários. No universo dos smartphones, o estudo registrou 1,3 bilhão de aparelhos em uso até o final de 2012.

A MiG 18 Comunicação pode ajudar a sua empresa a ganhar mercado e clientes, explorando esse território digital, trazendo assim uma receita maior anual, tanto em número de vendas como no fortalecimento da marca.

Seja você também um cliente MiG 18 e aumente seus lucros! Entre em contato conosco!

http://www.facebook.com/migmerch

Imagem

Por Charley Gima

Você sabia que para cada 12 perfis no Facebook mais de um são potencialmente falsos? É o que diz um estudo  publicado pela própria empresa. O Facebook estima que cerca de 83 milhões (8,7% do total), dentre as 955 milhões contas de usuário que tem a rede social podem ser potencialmente falsas.

É importante frisar que contas falsas englobam também  as “contas mal classificadas”, como animais de estimação e empresas — que deveriam ganhar uma “página” ao invés de um perfil. Estes usuários representam 28% dos perfis falsos.

A rede social estima ainda que contas “extras” — a segunda conta de uma pessoa que já tem um perfil– representem 55% dos perfis falsos.

Pessoas mal-intencionadas que criam uma conta “fake” para enviar propaganda ou aplicar golpes gira em torno de cerca de 1,5 milhão de contas, estas sim consideradas “contas indesejáveis”.

De acordo com o documento divulgado pelo Facebook, a empresa afirma que estes perifs indesejados podem comprometer sua receita sobre os anúncios na rede social. “Geramos a maior parte de nossa receita a partir de publicidade. A [eventual] perda de anunciantes [decorrente de um número substancial de perfis falsos] poderia seriamente comprometer nosso negócio”, atesta o documento.

EMERGENTES SÃO MAIS ‘FAKE’

“Acreditamos que o número de contas falsas em mercados desenvolvidos como EUA e Austrália sejam significantemente mais baixo que em mercados em desenvolvimento, como Indonésia e Turquia”, diz o relatório.

“Contudo, essas estimativas se baseiam em análise interna de uma limitada amostra de perfis, verificando nomes que parecem ser inverídicos ou outros comportamentos que parecem ilegítimos.”

Os dados foram divulgados em um relatório feito público pela SEC (Securities and Exchange Comission, equivalente à brasileira Comissão de Valores Mobiliários).

O Facebook foi alvo de investigação desde sua oferta pública inicial de ações, que aconteceu em fevereiro.

Seus papéis se desvalorizaram significantemente desde então: valiam US$ 38 e, hoje, têm preço de pouco menos de US$ 21.

Fonte: Folha.com